NFT e o mercado da moda

NFT e moda
Gucci Aria

No texto de hoje falaremos sobre NFT e moda. Roupas, calçados e acessórios já são comuns no mundo digital. Tênis que soltam fogo e estampas que se modificam, quando lidamos com realidades alternativas a imaginação é o limite. Aqueles que estão acostumados apenas ao mundo físico podem estranhar a aquisição de bens digitais, mas para aqueles transitam com naturalidade entre os dois mundos isso é tão corriqueiro quanto ir a uma loja “normal” e comprar o que se precisa. A cada dia as fronteiras parecem dissolver-se ou, pelo menos, ficarem cada vez mais tênues. Com o advento dos NFT’s o mercado de luxo, marcado pela exclusividade e diferenciação, também encontrou o seu espaço e começou a colonizar essas novas paragens.

Em julho a Sotheby’s leiloou um diamante chamado “The Key 10138” por $12.2 milhões em criptomoedas, a pedra de 101.38 quilates foi uma das maiores já vendidas e é descrita como “perfeita”, não foi o NFT, ela realmente existe no mundo físico, mas o que chama atenção, além do valor, é o fato de ter sido arrematada em criptomoeda mesmo com as flutuações dos últimos meses.

 

Em abril a marca de relógios Jacob & Co vendeu a versão em NFT do seu modelo mais vendido, o SF24 Tourbillon. O leilão foi feito pela plataforma NFT ArtGrails e o valor pago foi US$ 100.000,00.

NFT e moda
Jacob & Co SF24-Tourbillon

 

Em março/21, a grife Gucci desenvolveu uma linha de tênis digitais (Virtual 25), com o preço de US$ 12,00 (muito mais baratos que os calçados físicos), visando gamers. Esses não são NFT’s, mas a marca leiloou em junho o NFT de um vídeo de 4 minutos, baseado na coleção Aria (que contou inclusive com um “hack” da grife Balenciaga) pela Christie’s, o valor final foi US$ 25.000,00 e ainda há rumores de que em breve ela lançará versões 3D de suas peças em NFT.

NFT e moda
Gucci Virtual 25

 

NFT e moda
Gucci Aria

 

Entre os dias 28 e 30 (agosto) a grife Dolce & Gabbana lançará, durante os eventos Alta Moda, Alta Sartoria and Alta Gioielleria em Veneza, a “Coleção Gênesis” (Collezione Genesi) em NFT. O lançamento acontece em parceria com o marketplace UNXD e de acordo com a marca o conceito envolvido na criação é o “Dress from a Dream”.

 

Mas grifes menores e varejistas também já estão presentes em plataformas de NFT. Um bom exemplo é a Clothia, que possui inclusive sua própria criptomoeda $CLOTH, uma plataforma com curadoria que facilita o acesso entre designers emergentes e compradores. Eles promovem leilões de vestidos em NFT e as/os compradoras/es recebem também a versão física e todas peças são únicas.

Clothia
Clothia

 

***

Replicant é uma loja russa de roupas digitais. No site, você escolhe seu “outfit”, envia uma foto sua, faz o pagamento e dentro de 48 horas você recebe sua foto com a roupa escolhida aplicada. Pensada principalmente para influenciadores digitais, a marca oferece um produto com bom custo benefício além de se apresentarem como ecologicamente corretos pelo fato da roupa ser digital, gerando, assim, economia de matérias-primas, emissão de carbono e mão de obra.

NFT e moda

Quando penso nessas roupas aplicadas digitalmente faço uma espécie de viagem à infância, quando costumava brincar com aquelas bonequinhas de papel que tínhamos que recortar as roupinhas que eram aplicadas nas bonecas. Ainda hoje elas existem. Lembro-me também das peças que costumava costurar para minhas Barbies, até fazia meus croquis e arriscava alguns acessórios em crochê. Meu lado estilista não foi para frente, mas confesso que tenho muita dificuldade para comprar roupas, creio que lá no fundo o meu desejo de produzir minhas próprias peças ainda exista.

NFT e moda

Ao olhar para entrada do mercado de luxo no mundo digital, em parte impulsionada pelo sucesso alcançado com as artes digitais, não podemos deixar de perceber que trata-se, entre outras coisas, de ir aonde o dinheiro está, a venda do diamante que citei acima, com o pagamento feito em criptomoeda, é um ótimo exemplo. E mais, já sabemos que ninguém compra uma Louis Vuitton porque precisa de uma bolsa. O verdadeiro produto oferecido pelo mercado de luxo é a diferenciação e o NFT, com sua possibilidade de fornecer autenticidade e escassez consegue, além de entregar exclusividade, proteger, pelo menos a princípio, as marcas da imitação e pirataria.

Escrito por

Tem se dedicado aos estudos de fotografia e imagem desde 2005. Está sempre com os olhos abertos, ouvidos atentos, imaginação fértil e a língua afiada.