Fine Art – Aumente o valor de suas impressões Fine Art

Assinatura Impressão Fine Art
Assinatura Impressão Fine Art

Se você é um fotógrafo de arte e deseja vender impressões físicas, aqui estão algumas dicas para ajudá-lo a aumentar seu valor no mercado das Fine Art.

Existem várias coisas que você pode fazer para aumentar o valor de suas impressões à medida que as coloca no mercado de Fine Art, ao mesmo tempo em que as torna atraentes para os colecionadores.

Tudo se resume a isto: quanto mais exclusiva for a impressão, mais valerá a pena para o comprador Aqui estão alguns passos para garantir aos seus potenciais compradores a exclusividade do seu trabalho artístico.

Impressões Fine Art
Impressões Fine Art

1. Crie impressões de edição limitada como os arquivos são de imagem digital podem ser impressos em número infinito teoricamente e seu valor de mercado, é baixo nesse caso. Faça um número limitado de impressões da sua imagem artística. Quanto menor a edição, mais valiosa é cada impressão. Nós chamamos essas edições de “Edição Limitada” e é uma prática padrão para fotógrafos de arte que tem sido usado com sucesso desde que que foi estipulado por Ansel Adams em suas edições artísticas.

2. Assine suas impressões. O trabalho artístico assinado pelo artista vale mais do que impressões não assinadas. Na verdade assine o trabalho; não basta criar um arquivo digital de sua assinatura e adicioná-lo a uma imagem. Mas certifique-se de usar o tipo certo de ferramenta de escrita para assinar uma impressão Fine Art. Um lápis é recomendado para impressões em papel algodão. Uma caneta à base de tinta pigmentada, como a Sakura Pigma Micron, é recomendada para superfícies brilhantes. (As impressões baseadas em pigmentos (impressão Fine Art) são recomendadas, uma vez que elas devem durar mais tempo sem desbotar). Não use carimbos para assinar. Eles não duram muito tempo.

Estúdio Impressões Fine Art
Estúdio Impressões Fine Art

3. Crie um Certificado de Autenticidade. Um Certificado tem sido a forma mais correta para aumentar o valor das impressões Fine Art, desde os dias pré-digitais ele reduz o risco de falsificação. O certificado deve ser impresso em papel um papel especial para esse fim fornecido pela Hahnemuhle ou a Canson.. O certificado vem acompanhado de dois selos holográficos codificadas que são afixados na parte de trás de sua impressão e na parte da frente do certificado.

Cada Certificado deve conter:

Nome do artista
Título da imagem
Número do certificado (holograma)
Tipo de mídia
Qual impressora foi impresso
Tipo de tinta
Descrição da imagem
Você também pode incluir a data em que a imagem foi impressa e, claro, quantas impressões foram feitas.

 Etiqueta holográfica fornecida pela Hahnemühle para Certificado de Autenticidade

Etiqueta holográfica fornecida pela Hahnemühle para Certificado de Autenticidade

 

4. Registre suas cópias exclusivas e edições limitadas em myartregistry.com , um web site criado pela Hahnemuhle, então, com o apoio deles, há uma chance maior de que este site esteja por perto por um longo tempo. O registro é obrigatório, mas o serviço é gratuito.

5. Mantenha bons registros. Mesmo que você registre suas impressões e edições on-line, mantenha registros físicos para você mesmo ou para uma galeria se você acabar sendo representado por uma. É importante ter um backup físico dos certificados.

A etapa final é encontrar o tipo de público que estaria disposto a comprar / investir em seu trabalho. Esse é o assunto de outro artigo, para um outro momento.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *