RGB ou CMYK? Conheça a diferença entre esses dois padrões de cores.

Diferença entre CMYK e RGB
Diferença entre CMYK e RGB

RGB ou CMYK, qual padrão devo utilizar?

Os padrões CMYK e RGB são padrões de cor utilizados em design de projetos, na criação de materiais gráficos, webdesign, material destinado a publicidade impressa, e uma infinidade de outras situações.

Qual a diferença entre estes padrões?

CMYK corresponde às iniciais das cores Cian (ciano), Magenta (magenta), Yellow (amarelo) and Black (preto).

Este é um padrão de quatro cores primárias, que combinadas formam cores ilimitadas. O padrão CMYK é mais usado em impressoras domésticas e na técnica de offset.

Padrão de cores CMYK
Padrão de cores CMYK

RGB corresponde às iniciais das 3 cores Red (vermelho), Green (verde) e Blue (azul). Este padão é utilizado para exibição em monitores de computador e televisores em geral é também o padrão das impressoras Fine Art. Como é o padrão que gera maior variedade de cores as impressoras de fine art são configuradas para trabalharem com esse padrão e não com o CMYK.

Padrão de cores RGB
Padrão de cores RGB

Devido a esta diferença de padrão é que uma mesma imagem vista no monitor apresenta leves alterações na tonalidade das cores ao ser impressa. Alguns programas gráficos como o Corel Draw incorporam filtros, que tentam mostrar no monitor a imagem exatamente como será impressa.

Ao criar o design para um formato é preciso ter em mente qual o suporte será utilizado. No caso de Impressões Fine Art ou imagens para web o padrão adotado deve ser o RGB, enquando que, em se tratando de materiais impressos em impressora domésticas ou em gráficas pela técnica de offset, deve-se utilizar o padrão CMYK ou outro de acordo com especificações técnicas do projeto adotado pelo designer.

Além do CMYK e do RGB existem vários outros padrões de cores, como o Pantone. Neste caso ao invés de um certo número de cores primárias que são combinadas para gerar as demais, há uma tinta para cada cor que será utilizada na impressão. Isto garante que a cor impressa seja exatamente a mesma que é vista no mostruário, entretanto não permite usar muitas cores diferentes no mesmo impresso, já que seria necessário o uso de uma tinta diferente para cada cor.

Padrão de cores Pantone
Padrão de cores Pantone

As imagens  devem ser configuradas inicialmente no projeto com o padrão RGB ou CMYK , pois a mudança de configuração no meio ou final do projeto faz com que exista alterações de tonalidade.

Sempre que o tipo de impressão, seja no papel ou no tecido, for na técnica de Fine Art ou arquivo tem que ser exportado em RGB que é o padrão das impressoras.

A extensão que preserva melhor as configurações originais do arquivo é TIFF. Recomendamos que as imagens sejam exportadas em TIFF com padrão RGB para impressões Fine Art.

Mudando o sistema de cores no Corel Draw

Para trocar de CMYK para RGB no Corel, ou vice e versa, basta abrir seu arquivo e ir até o menu Ferramentas > Gerenciamento de cores > Configurações do documento, conforme a imagem abaixo.

Mudar CMYK e RGB no corel draw
Mudar CMYK e RGB no corel draw

Depois em Modo de cores primárias selecione RGB ou CMYK e dê OK.

Configuração de cores no Corel Draw
Configuração de cores no Corel Draw

Caso sua ilustração esteja toda em um determinado padrão de cores e você quiser mudar para outro, eu sugiro que utilize a ferramenta   do Corel Localizar e Substituir.

Mudando o sistema de cores no Adobe Illustrator

Para alternar o sistema de cores no Illustrator, abra seu arquivo, vá em Arquivo > Modo de cores e selecione entre CMYK e RGB.

Alternar cmyk rgb no illustrator
Alternar cmyk rgb no illustrator

A minha imagem esta em inglês pois prefiro usar os softwares da Adobe em linguagem  nativa, mas você não terá dificuldade em achar o caminho na sua versão em português.

Mudando o sistema de cores no Adobe Photoshop

Bastante parecido com trocar no Illustrator. Basta ir em Imagem > Modo e trocar CMYK ou RGB.

Trocar cmyk rgb Photoshop
Trocar cmyk rgb Photoshop

Você deve estar se perguntando, e nas estampas, como funciona? Assim como existem diferentes formas de estampar, existem diferentes usos para cada sistema de cores. Se for fazer um desenho para serigrafia (chapados, policromia, indexação, etc.) eu sempre uso CMYK. Se for fazer algo para impressão digital, o ideal é você fazer testes com tabelas de cores, pois mais importante que o sistema de cores que você usar será o perfil de cores da impressora.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *