Desenvolvendo um portfólio de artes

Portfólio de artistas, fotógrafos e designers.
Portfólio de artistas, fotógrafos e designers.
Portfólio de Artes Visuais
Portfólio de Artes Visuais

Principais itens para elaboração de um portfólio

O material promocional mais importante para um artista é o seu portfólio. É com o portfólio que são apresentadas as provas materiais das experiências citadas no currículo, da qualidade do trabalho do profissional e seus diferenciais.

Muito mais do que uma coleção de trabalhos, o portfólio deve ser visto como um suporte à estratégia de posicionamento do artista e deve ser desenvolvido de forma criteriosa levando em consideração o perfil, expertise, objetivos, o público para o qual ele será apresentado e o formato e tecnologia mais adequados para sua apresentação.

Conheça seu perfil

Analise seu passado profissional e perceba qual foi o foco de seus trabalhos anteriores, seus interesses e seus conhecimentos adquiridos. Conhecer seu passado profissional é o primeiro passo para planejar seu futuro.

Analise o cenário em que você se encontra

Conheça o nicho de mercado no qual você atua. Analise o perfil das empresas contratantes do serviço que você presta, perceba o que elas esperam destes serviços, o que é visto por elas como referência de qualidade.

Perceba seu diferencial

Visite portfolios online de colegas que atuam no mesmo segmento que você, compare seu perfil e trabalhos com outros profisisonais e perceba características ou qualidades que podem ser usadas a seu favor. Estas características deverão ser sempre destacadas.

Defina seus objetivos

Identifique os nichos e atividades que te trazem realização profissional.

Identifique e liste seu público (potenciais clientes ou empregadores)

A partir da análise de cenário faça uma lista do seu público considerando quais empresas possuem interesse no que você oferece. Priorize as que estiverem mais de acordo com seu objetivo profissional.

Escolha os trabalhos mais adequados

Faça uma seleção criteriosa de seus trabalhos considerendo todos os tópicos anteriores (cenário, perfil, diferencial e público-alvo). Destaque os trabalhos que melhor se aplicarem a seus objetivos e dê preferência a qualidade, não a quantidade.

Desenvolva seu material

Considerando as questões anteriores escolha o(s) suporte(s) e tecnologias(s) mais adequado(s), para desenvolver e apresentar seu portfolio.

Lembre-se que suportes os quais você não tem como apresentar pessoalmente devem ser “autoapresentáveis”. Para isso utilize textos enxutos que defendam a solução desenvolvida.

Apresente seus trabalhos de forma a valorizá-los. Uma boa apresentação faz muita diferença. Fotografar suas peças é sempre bom.

Promova seu trabalho

Desenvolva ações para promover seu serviço de acordo com o que foi percebido como sendo de interesse dos potenciais contratantes.

Nunca deixe de promover seu trabalho entre as pessoas mais próximas de você. Colegas, professores e antigos contratantes sempre estarão dispostos a ajudar na sua divulgação e em repassar alguma oportunidade.

O envio de uma prévia de seu portfolio com uma carta de apresentação que deixe clara suas intenções e foco profissional é sempre bem visto.

Utilize websites de comunidades de design e redes sociais para promover seu portfolio, mas procure ter um produto online principal.

Portfólio de Artista
Portfólio de Artista

Algumas dicas de designers

Por incrível que pareça, algumas pessoas depreciam o próprio trabalho ao apresentá-lo. Inclua no portfólio trabalhos que te deixe seguro da qualidade e defenda-os com argumentos claros e objetivos. Faça uma lista desses argumentos para cada projeto que irá apresentar, com problema, desenvolvimento e solução.

Tenha sempre em mente que você está lá tanto para ser avaliado quanto para avaliar. Faça perguntas ao entrevistador sobre a empresa, o cargo e as responsabilidades. Dessa maneira pode julgar melhor se realmente se adapta ao estilo da empresa e se o salário está adequado às funções exigidas para o cargo.

Jananda Lima
Gerente de design na Saravah Comunicação e Design

Um dos pontos principais que um designer nunca deve deixar de incluir em um portfolio são os créditos de TODOS os envolvidos no processo do projeto, quando este for um trabalho em equipe ou um projeto desenvolvido dentro de outro escritório no qual ele trabalhou. Este é um sinal forte de que aquele profissional não apenas sabe trabalhar em equipe, mas que também sabe reconhecer o esforço e colaboração alheia.

Guilherme Sebastiany

Apresente seus principais trabalhos já realizados, sejam eles acadêmicos ou profissionais, porém apresente-os por completo. Ou seja, não mostre apenas o resultado final aprovado em seu portfolio, e sim ao processo que o levou a tais resultados e soluções gráficas. A estratégia, no caso de vaga de emprego, é mostrar que você sabe direcionar uma criação, e não simplesmente saber criar.

Akira Goto

Guilherme e Akira são sócios na Sebastiany, um escritório de design especializado em estratégia e criação de Marcas

Alguns portfolios já superaram minha expectativa em relação a formato, desde books impressos com destaque ao conceito do trabalho a apresentações digitais, com informações completas sobre o projeto. Lógico que tudo isso vai depender da área de atuação ou do tipo de projeto.

Um designer nunca deve deixar de incluir no seu portfolio projetos que envolvam a criatividade, diferenciação e o lado artístico.

Durante a apresentação de portfolio o candidato deve ser claro e objetivo. Sem firulas… rápido nas respostas, pois geralmente o avaliador não tem tempo sobrando.

Tente saber um pouco sobre a empresa e o cargo/função para o qual se candidata e tente alinhar o portfolio aos produtos e à área de atuação.

Marco Aurélio Veiga
Professor de Design e sócio do 2p estúdio

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *